Ed

Biografia

Neimar de Barros – 1943 / 2012.

Produtor e diretor de Silvio Santos,…depois escritor ” BEST SELLER” destacado pelo livro DEUS NEGRO que vendeu mais de 4 milhões de exemplares em 5 países,…

O início 

Nascido em Corumbá – MS, filho de militar, ainda na infância mudou-se com a família para a cidade de São Paulo, sua adolescência foi marcada por uma forte tuberculose aos 16 anos, onde muita literatura predominou em seus 6 meses de cama, depois trabalhou como garçon e bancario, e foi ainda jovem para a rádio Nacional como redator do programa de Renato Corte Real, foi na rádio que conheceu Senor Abravanel, ou melhor Silvio Santos, seu nome artístico. Logo foram para a TV Paulista, CANAL 5, das Organizações Victor Costa, comprada depois pela Rede Globo.

Ainda como Tv Paulista, Silvio Santos recebeu um presente de Manoel da Nóbrega, o “Baú da Felicidade”, e foi aí que junto com Neimar e Luciano caminharam para o ” Programa Silvio Santos”. Como o próprio Silvio disse na comemoração dos 25 anos de SBT,

-“…tudo começou comigo, Neimar de Barros e Luciano Callegari, e nunca imaginei que chegaria neste ponto,…”.

O sucesso profissional

Sua maior realização dentro da televisão foi na Rede Globo e Rede Tupi, onde o sucesso e fama chegou como diretor, produtor e redator, pois era o braço esquerdo de Silvio Santos.

Criou e produziu vários programas campeões de audiência como CIADADE CONTRA CIDADE, BOA NOITE CINDERELA, entre outros…, devido ao sucesso esteve em Brasília com o Presidente do Brasil, E. G. Médici, e Silvio Santos, solicitando concessão para um canal de televisão, por onde anos depois veio o primeiro canal de Silvio Santos, TVS – Rio de Janeiro. Até o início da década de 1970 foi líder, companheiro, amigo e profissional de destaque dentro da equipe Silvio Santos.

A transformação

Em 1971 foi convidado a participar de um encontro dentro da Igreja Católica, na época chamado de cursílio. Mesmo sendo ateu, devido ao sucesso destes encontros, ele aceitou o convite, pois queria desafiar e defender sua filosofia materialista, que sempre dizia só acreditar no que seus olhos poderiam ver. No terceiro e último dia, depois de ter questionado muito e até incomodado o encontro, foi desafiado pelo Pe Jonh Drexel a entrar na capela e ajoelhar-se, pois Deus tinha algo a lhe falar, então foi aí que uma grande comoção tomou ele, e naquela hora aconteceu o início de sua conversão, ficando claro para ele, que podemos ver muitas coisas que nossos olhos não enxergam.

O desafio profissional

Quando retornou ao seu trabalho na TV, sentiu que como cristão não poderia continuar a ter as mesmas atitudes e aceitar muitos procedimentos dos bastidores de televisão, então, teve GRANDE conflito com Silvio Santos e acabou se desligando do grupo. Depois esteve só na TV Record com seu programa próprio de entrevistas, “Meia Hora com Neimar”, e nesta época foi que se tornou famoso também como escritor de livros religiosos e seus poemas. Suas poesias “Não tenho tempo” e “Deus Decepção” comoverão milhares de leitores, seu best-seller, livro Deus Negro, vendeu mais de 4 milhões de exemplares, foi editado em vários países e teve suas poesias declamadas em vários meios de comunicação incluindo o Fantástico na Globo.

A realização pessoal

Em 1975 contraiu sua segunda tuberculose e foi aconselhado a se tratar na serra da Mantiqueira, conseguiu se recuperar em 3 meses, escreveu o livro “Apóstolos Cansados” e decidiu mudar-se de São Paulo para Campos do Jordão, onde residiu por 11 anos. Lá fundou o Instituto M.E.A.C., “Missionários para Evangelização e Animação de Comunidades”, sendo o principal palestrante e pregador do grupo, onde durante 14 anos desenvolveu um incrível trabalho missionário dando cursos e palestras em mais de 3 mil cidades. Suas palestras lotavam ginásios de esportes, auditórios, igrejas e teatros. Seu trabalho teve muito destaque e esteve sempre presente na mídia secular e fortemente na religiosa, foi capa em 1974 da revista Família Cristã, a maior publicação católica do Brasil pela editora Paulinas. Nestes 14 anos, visitou diversas vezes o Vaticano, palestrou em várias Universidades inclusive na “Sorbonne” em Paris, esteve em Israel,…publicou mais de 10 livros, sendo vários em espanhol. Como leigo na Igreja Católica, conseguiu quebrar vários paradigmas, sendo uma forte referência por pregar a necessidade de mudanças em vários pontos da igreja.

A tribulação

Sua vida deu uma grande guinada em 1986, e como um ser humano normal teve muitas desilusões com sua igreja, sua família e em seu grupo de trabalho, a falta de um alicerce na ROCHA deixou um forte STRESS florescer, a vontade de mudar os dogmas arbitrários da igreja católica foram sempre boicotados, e errou muito na forma reivindicada, apesar de haver boas intenções. Assim, instalou-se uma profunda crise em sua vida, dando início a manifestação de uma doença neurológica que só foi descoberta 18 anos depois, explicando seus devaneios excessivos publicados irresponsavelmente pela revista VEJA em 1986, onde concedeu uma entrevista com efeito bombástico devido a sua estória de Fé dentro da igreja. Ele declarou ter participado de uma investigação, onde foi usado para se infiltrar na Igreja Católica e repassar informações sobre a conduta de religiosos a uma organização secreta, esta declaração chocou muitos, o resultado foi que algo estranho havia com Neimar. Contudo, isto potencializou ainda mais a evolução desta oculta doença, o Mal de Alzheimer, descoberta só em 2004. A única beneficiária desta reportagem foi a Revista VEJA, que editou a entrevista conforme seu interesse e teve recordes de venda naquela semana, ultrapassando pela primeira vez o número de 900 mil exemplares, más sua família, amigos e milhares de verdadeiros admiradores sofreram muito com este impacto.

A verdade

O mais importante é que ficou claro que quem conheceu Neimar de Barros, sabia e sentia que parte do que aconteceu depois de 1986 não foi de sua natureza, tanto que a maioria de seus admiradores não acreditaram que a reportagem da VEJA fosse verdade absoluta, existe essências e pontos verdadeiros, más não quando se fala em farsa e espionagem. A  verdade esta na sua vontade de corrigir vários erros dentro da igreja, ao invés de esconde-los, lutou muito por mudanças internas, más as desilusões foram grandes, o que teve muito peso e pouco apoio no meio católico. Contudo, sempre houve um sentimento que algo fora do racional acontecerá em sua personalidade, sabemos hoje que era o Mal de Alzheimer, o que explica seus excessos, más a sua essência sempre foi de um CRISTÃO temente a Deus, que estava revoltado com as doutrinas católicas. Nos últimos 10 anos congregou na “Igreja Presbiteriana Renovada de Osasco-SP”.

A despedida

Neimar de Barros faleceu no dia 06/05/2012 e nos deixou um exemplo de que o homem é pecador, que muitas vezes erra o alvo,  e que devemos perdoar sempre, pois o principal é não nos afastarmos de Deus, e sim entender que “quando somos nada, Deus é sempre tudo em nossa vida”, como declarou como o apóstolo Paulo em sua poesia “SIM EU POSSO!”.

Escreveu muito sobre estar vigilante e recorrer a Deus para pedir Sua misericórdia e Seu perdão, SEMPRE, SEMPRE e SEMPRE!

SHALOM

***

“Paz não é uma bandeira branca, más sim uma alma lavada”
Neimar de Barros / 1974 – Livro  Reta Final
“Identifique-se com Jesus Cristo para que, no ultimo dia, Ele também o identifique!”
Neimar de Barros / 1979 – O Livro Proíbido
“Fora da vontade de DEUS, está o desejo de satanás!”
Neimar de Barros / 1979 – Livro Peregrino Maldito
” DEUS não está em nosso coração se nós não estivermos no coração de DEUS!”
Neimar de Barros / 1981 – Livro Templo do Silêncio
“O cientista ateu abriu o cadáver com o bisturi e, rindo muito, disse:
– não vejo sua alma.
Após a morte do cientista, abriram-lhe o cérebro e, tristemente, disseram:
– não vejo sua inteligência”
Neimar de Barros / 1984 – Livro Na Caminhada da Esperança

 

PS.: Solicito aos que tiverem fotos, vídeos, gravações ou qualquer documento histórico verdadeiro, entrar em contato pelo email – general.ed@uol.com.br;

Agradecemos muito sua colaboração, pois só temos algumas fotos, 2 poesias gravadas e seus livros, e gostariamos muito de recuperar mais materiais.

Shalom!

Anúncios
  1. eu me converti ao CATOLICISMO por meio deste grande homem.
    abçs,
    Dr. Ronan Sávio (juiz de direito)

  2. me lembrei do neimar ontem pois na minha juventude assisti as palestra dele eno nosso grupo de jovens tinhamos como referencia para uma juventude melhor atraves dos seus livros e depoimentos, um exemplo de vida que nao morre nunca.

  3. Tenho um livro dele. Recebi com muita tristeza a notícia de Neimar de Barros. Escutei dele muitas pregações através de uma fita cassete. Também li dele alguns livres.

    Estou muito triste com a morte de Neimar.

  4. fikei muitoooo triste, pq perdemos um gigantesco escritor

  5. Eu musicalizei e gravei ,,uma letra dele virou musica
    duas pernas e quarto pneus,,2 pernas e 4 pneus
    gravei no Brazil e masterizei o CD na Australia,, o disco e independente,,

  6. Que pena perdemos um grande revolucionário,em minha juventude não me esqueço da presença de seus poemas,como, universo contado em versos,excelente escritor,fiquei extremamente feliz pela sua conversão.Homem de grande importância!

  7. tenho, gravado no meu pen drive, NAO TENHO TEMPO e QUANTOS ANOS VOCE TEM. Tenho, em fita cassete, faltando remasterizar, PASSEANDO NO MUNDO e DEUS NEGRO (DEUS DECEPÇAO)! Gostaria de compartilhar-los!!!

  8. Sempre ouvi comentários a respeito do livro “O DEUS NEGRO” sendo q hoje gostaria de adquiri-lo. Encontro facilmente o mesmo, pois algo me tocou com a crônica matinal do apresentador Clovis Monteiro. Acredito ser um excelente livro. E a biografia do escritor é muito linda. Bom dia.

  9. Eu nasci em 1971 e com 17 anos já devorava os livros de Neimar de Barros. Com ele aprendi a desenvolver minha espiritualidade e nele me encontrei várias vezes em seus escritos e poesias. Um homem notável que não teve vergonha de expor todo seu sentimento seja bom ou ruim.Louvado seja Deus por ter se revelado a ele.

  10. Eu devorava seus livros ,eles me levava ao alto…Sentia suas palavras ,seus pensamentos, pareciam meus…Senti muito quando li numa revista ,que ele escrevia da boca pra fora…Quase chorei com os comentários ….O livro Deus Negro me chamou muito atenção contribuiu muito para entender a minha espiritualidade…Deus o ttenha na Sua gloria….

  11. Desde de que assisti uma palestra por volta de 1973 mais ou menos aqui em Santa Catarina fiquei fä deste homem eu tinha mais ou menos 18 anos ele cantou uma musica que falava das máquinas que iriam roubar o espaço do homem…e aqui estamos nós…dependente….da própria maquina.lembro ainda da musica.

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: